Quer reduzir seu gasto com Energia?

Quer reduzir seu gasto com Energia?

Energia limpa e mais barata para empresas ASSOCIADAS ao SINAEES

 

Energia Baixa Tensao

Parcerias recém-assinadas com programas de soluções energéticas renováveis vão reduzir custos, ampliar a competitividade e tornar o processo produtivo das indústrias ainda mais responsável. Benefícios para os associados aos sindicatos filiados à FIEMG.

 

Os convênios com Cemig SIM e Mori Energia e com AlSol, do Grupo Energisa, foram firmados sobre propostas que cobrem parte significativa do estado e somam investimentos de cerca de R$ 1 bilhão.

 

O acordo desenvolvido pela Mori Energia e a Cemig Sim possibilitam aos associados do Sistema FIEMG aderirem ao modelo de geração distribuída em todo o território de prestação de serviços da concessionária de energia. Isso é possível graças aos investimentos do grupo no segmento, que totalizam R$ 650 milhões. Até o final deste ano, serão nove usinas solares fotovoltaicas em Minas Gerias, e outras 23 em 2020, instaladas em 17 cidades do estado.

 

Já o convênio oferecido pela Alsol, pioneira no Brasil em tecnologia de geração fotovoltaica, fornecerá às empresas uma solução que mescla geração de energia limpa e renovável e descontos na conta de luz, alcançando todo o território mineiro. O programa está acessível aos clientes de baixa ou de média tensão e terá sua geração de energia concentrada em três grandes fazendas solares que estão em fase de conclusão (ainda em 2019) e integram um CAPEX de R$ 300 milhões.

 

Não há necessidade de investimento ou obra de infraestrutura para a adesão ao convênio. A energia é gerada de forma remota nas usinas solares, que estão distribuídas em diferentes regiões do estado — Norte, Noroeste e Triângulo Mineiro —, de acordo com a área de atuação da empresa geradora.

 

As empresas associadas aos sindicatos filiados à FIEMG possuem descontos maiores que os oferecidos ao mercado. Podem chegar a mais de 22%, dependendo do plano escolhido.

 

Benefício válido para empresas de baixa tensão.

Prazo para aderir este benefício: 30/11/2019